Como a logística reversa de embalagens contribui com os ODS?
July 27, 2020 5:49 PM
A logística reversa de embalagens contribui com os ODS em muitos pontos. Se a sua empresa busca estar alinhada com os Objetivos, você precisa ler este texto. Nele falaremos sobre a importância dos ODS no setor privado, explicando em seguida como a logística reversa de embalagens pode contribuir nessa caminhada. Passaremos ainda pela definição desse processo, seus benefícios para o desenvolvimento sustentável e quais ODS exatamente estão relacionados. No final indicaremos meios para implementá-lo e assim alinhar sua empresa aos objetivos globais usados pelas maiores organizações do mundo.

ODS, Empresas e Pacto Global

Entidades internacionais vêm desenvolvendo acordos onde todos se comprometam na construção de um espaço que seja seguro e próspero para todos os seres vivos. Acordos que propõem o trabalho conjunto entre setor público, privado e sociedade para a construção de um cenário mais sustentável. Dentre eles, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) aparecem com protagonismo.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) compõem a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), aprovada por 193 estados-membros e lançada em Setembro de 2015. A agenda desenvolveu um plano de ação através de 17 Objetivos e 169 metas para termos esse mundo mais justo e sustentável em 2030.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU / Foto: Site das Nações Unidas Brasil

O setor privado tem papel essencial nesse processo por possuir maior poder econômico e ser criador de inovações tecnológicas, além de ter grande influência nos mais diversos públicos, fornecedores, colaboradores e consumidores. Nesse contexto, o Pacto Global, maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, tem guiado a adoção dos ODS nas empresas.

O Pacto Global, criado em 2000 pela ONU, é o principal canal da ONU com o setor privado, podendo ser definido como “um chamado para as empresas alinharem suas estratégias e operações a princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade” (trecho retirado da cartilha “Rede Brasil do Pacto Global”).

Possuindo 13 mil membros em 160 países, o Pacto engloba os ODS desde 2015. Dessa forma, diversas empresas - signatárias ou não do Pacto - estão alinhando suas estratégias de negócio com os objetivos globais.

A logística reversa de embalagens contribui com os ODS

As embalagens estão presentes em grande parte dos produtos de muitos setores, como alimentos, bebidas e cosméticos. Seu descarte incorreto após o uso do consumidor final pode gerar impactos nocivos ao meio ambiente e à saúde humana.

Segundo o documento “Como trabalhar os ODS em sua empresa”, da Rede Brasil do Pacto Global, um dos passos fundamentais para aplicação dos Objetivos é a definição de prioridades. Para tal, avalia-se primeiro o impacto negativo da empresa, para depois considerar o impacto positivo. Considerando o impacto desses recipientes e a possibilidade da logística reversa contribuir com os ODS, essa estratégia deve ser levada em consideração por setores que utilizam embalagens em seus produtos.

O que é a logística reversa de embalagens?

A logística reversa de embalagens pode ser definida como a coleta e reciclagem das embalagens e seus resíduos após o descarte do consumidor final. Sua obrigatoriedade advém da Lei 12.305/2010, tendo a meta de reciclagem universalizada pelo Decreto Presidencial nº 9.177/2017.

Independente da lei, a gestão adequada desses materiais é fundamental para alcançarmos o futuro almejado pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Afinal, garantir o retorno dos resíduos ao ciclo produtivo é o grande objetivo da economia circular, ajudando a equilibrar as três dimensões do desenvolvimento sustentável: econômica, social e a ambiental.

Baixe agora o ebook gratuito "11 Perguntas e Respostas para entender a Logística Reversa"

Quais os benefícios da logística reversa para o desenvolvimento sustentável?

A logística reversa de embalagens contribui com os ODS através da profissionalização e inclusão social
A logística reversa de embalagens contribui com os ODS através da profissionalização e inclusão social

A logística reversa de embalagens contribui com a dimensão econômica pois, ao implementá-la, empresas evitam possíveis passivos ambientais futuros. Os produtos passam a ter esse viés sustentável, apresentando um novo diferencial competitivo e atraindo consumidores cada vez mais engajados. Além disso, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) na matéria do Estadão, a cadeia de reciclagem tem um mercado potencial de R$3 bilhões de reais.

No campo ambiental, a logística reversa é uma ótima opção para a redução da poluição da água e da terra e seus respectivos impactos à saúde humana e meio ambiente. Ela representa um estímulo à reciclagem, redução na exploração da matéria-prima virgem e diminuição na emissão de CO2.

Esse processo também traz grandes vantagens na dimensão social. A logística reversa de embalagens, quando implementada por sistemas que trabalham com cooperativas, contribui na profissionalização, promove aumento de renda e impacta nas melhores condições de vida dos catadores de materiais recicláveis.

Quais ODS são atingidos ao implementar sistemas de logística reversa?

A logística reversa de embalagens permeia diferentes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ajudando sua empresa a estar alinhada aos valores e objetivos globais adotados pelas maiores organizações do mundo.

São eles, definidos resumidamente segundo o documento “As Perguntas Mais Frequentes sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”:

  • ODS 1 - Erradicação da Pobreza: “Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares” ;
  • ODS 3 - Saúde e Bem-Estar: “Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades”;
  • ODS 8 - Trabalho decente e crescimento econômico: “Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos”;
  • ODS 9 - Indústria, inovação e infraestrutura: “Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação”;
  • ODS 10 - Redução das Desigualdades: “Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles”;
  • ODS 11 - Cidades e Comunidades Sustentáveis: “Tornar as cidades e assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis”;
  • ODS 12 - Consumo e Produção Responsáveis: “Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis”;
  • ODS 13 -  Ação contra a mudança global do clima: “Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e os seus impactos”;
  • ODS 14 - Vida na água: “Conservar e usar sustentavelmente os oceanos, mares e os recursos marinhos, para o desenvolvimento sustentável”;
  • ODS 15 - Vida terrestre: “Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra, e deter a perda da biodiversidade”.

Como trabalhar os ODS através da logística reversa na sua empresa?

Agora que você sabe como a logística reversa de embalagens contribui com os ODS, você pode estar se perguntando como é possível implementá-la. Existem três instrumentos previstos no Decreto N°7404/2010:

  • Acordos setoriais;
  • Regulamentos expedidos pelo Poder Público;
  • Termos de compromisso.

Essas opções são meios para o desenvolvimento de diferentes programas, podendo esses serem coletivos ou individuais. Entretanto, estratégias envolvendo organizações de catadores de materiais recicláveis são prioritárias na recuperação das embalagens.

A Polen, por exemplo, desenvolveu uma plataforma tecnológica inovadora de logística reversa baseada na regulamentação dos Créditos de Logística Reversa. O sistema ajuda empresas a cumprirem a logística reversa de embalagens enquanto apoiam cooperativas de catadores. A utilização da tecnologia Blockchain transforma a solução em uma das mais seguras, rastreáveis e transparentes para implementação do processo. Você pode saber mais sobre a Plataforma Online de Créditos de Logística Reversa aqui.

Adotar a logística reversa de embalagens na sua empresa contribui diretamente para alcançarmos ODS importantes e fomentarmos o desenvolvimento sustentável, ajudando a construir um futuro ideal para a humanidade. O que acha de participar dessa iniciativa? Conheça 3 sistemas de logística reversa de embalagens bem estabelecidos neste artigo e adapte sua empresa!

Se este texto foi relevante para você, compartilhe nas redes sociais!

10 anos de PNRS e Logística Reversa: como está a transição para a economia circular?

Referências

Blog CLR

Blog da Polen

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ONU

Cartilha Rede Brasil do Pacto Global - Rede Brasil do Pacto Global

Como trabalhar os ODS em sua empresa- Rede Brasil do Pacto Global

Brasil perde R$ 3 bilhões ao ano por não reciclar resíduo - Estadão

As Perguntas Mais Frequentes sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) - PNUD

Lei 12.305/2010

Decreto Presidencial nº 9.177/2017

Decreto N°7404/2010

Fale Com a Polen