Especial Dia Mundial do Meio Ambiente: participe da campanha #DescarteContraCOVID
July 27, 2020 5:54 PM
Neste simbólico Dia Mundial do Meio Ambiente, conheça e participe da campanha #DescarteContraCOVID, uma iniciativa da Polen para disseminar o descarte correto de resíduos domésticos durante a pandemia. Entenda e faça essa ideia circular #PelaNatureza, pelos garis, por todos!

O Dia Mundial do Meio Ambiente

Hoje, 05 de Junho, é Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) durante a Conferência de Estocolmo, em 1972, buscando focarmos nossa atenção em questões ambientais fundamentais. Todo ano a ONU apresenta um tema para o dia.  Em 2020, o tema escolhido foi “hora da natureza”, representando pela hashtag #PelaNatureza. 


Segundo o site oficial do Dia, “Os alimentos que comemos, o ar que respiramos, a água que bebemos e o clima que torna nosso planeta habitável vêm da natureza. Somos mais dependentes do que imaginamos de sua rede interconectada e do seu delicado equilíbrio. Contudo, esse é um momento singular em que a natureza está nos mandando uma mensagem. Ela está nos mostrando que a vida como a conhecemos está à beira de um colapso. É hora de acordar. De tomar consciência. De repensar nossa relação com o meio ambiente. É hora de soltar a voz e dizer ao mundo que precisamos agir. Esse Dia Mundial do Meio Ambiente é a hora da Natureza.”


No Brasil, o data marca o fim da Semana do Meio Ambiente, iniciada no dia 01. Nesse período, normalmente, instituições públicas, privadas, do terceiro setor e pessoas físicas desenvolvem ações para promover a conscientização ambiental. Esse ano, devido à crise do coronavírus, as ações foram transferidas para o ambiente virtual. 


A Polen, coincidentemente, já havia promovido uma sequência de webinars gratuitos “Mês do Meio Ambiente da Polen” em Junho de 2019, onde profissionais experientes debateram assuntos relevantes da área de resíduos sólidos e logística reversa. Já em 2020, observando o grande aumento dos resíduos domésticos devido à pandemia, resolvemos lançar uma campanha digital para ajudar o momento. 

Assista à sequência de webinars gratuitos: “10 anos de PNRS e Logística Reversa: como está a transição para a Economia Circular?”


Campanha #DescarteContraCOVID

Arte conceito da campanha #DescarteContraCOVID
Arte conceito da campanha #DescarteContraCOVID. Sobre a imagem: O Vielas, banco de imagens da Agência Mural de Jornalismo das Periferias, está cobrindo a pandemia do coronavírus nas periferias/favelas de São Paulo. Saiba mais em https://www.agenciamural.org.br/


Segundo matéria do Estadão, a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) indica um aumento de 20% a 40% na coleta de recicláveis no país. Ao mesmo tempo, tivemos um crescimento no descarte de materiais relacionados à prevenção do vírus, como máscaras e luvas. Na matéria, a Associação Brasileira de Recuperação Energética de Resíduos (Abren) afirma não ser possível estimar o número de resíduos domésticos infectados pelo COVID-19, uma vez que não se sabe quantas pessoas contaminadas estão em casa. Ainda assim, a Abrelpe comenta que, diferentemente do resto do mundo, o Brasil chegou a registrar queda de 17% na geração de resíduos da saúde em Abril, o que pode indicar uma deficiência na segregação desses materiais e sua incorreta destinação. 


Sempre é importante descartar os resíduos corretamente, mas agora o cuidado precisa ser redobrado. De acordo com a Abes, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, o novo coronavírus pode sobreviver, 8 horas em luvas cirúrgicas, 4 a 5 dias no papel e 5 dias no plástico, o que mostra sua resistência. Potenciais materiais infectados, se descartados incorretamente, apresentam grande risco de contaminação para o meio ambiente e pessoas, principalmente para aqueles profissionais que lidam diretamente com sua coleta e descarte: os garis.


Os garis fazem parte do grupo dos serviços essenciais e continuam trabalhando para garantir a saúde pública nas cidades. Eles merecem nosso respeito e devem ser reconhecidos. A melhor forma de reconhecer seu trabalho é tendo os cuidados necessários no descarte para assegurar o menor risco possível à sua atividade. 


Por toda essa conjuntura, neste simbólico Dia Mundial do Meio Ambiente resolvemos lançar a campanha #DescarteContraCOVID. O objetivo é educar o maior número de pessoas sobre o descarte correto dos resíduos domésticos nesses tempos de pandemia, garantindo o bem-estar dos garis e da natureza. Para isso ela precisa do seu apoio, consumidor engajado, em 2 passos extremamente simples:

 

1. Compartilhe a arte abaixo em seu Stories (salve aqui ou nos solicite pelo direct do Instagram @brpolen), marcando mais 3 amigos para manter a corrente de informação. Marque também @brpolen para acompanharmos o impacto da ação. Se você fizer esse passo, já é uma grande ajuda!

Arte promocional da campanha #DescarteContraCOVID
Arte promocional da campanha #DescarteContraCOVID

 

2. Compartilhe este artigo com sua rede para ela ter acesso ao material mais aprofundado e nossas fontes, uma vez que ensinaremos de forma mais detalhada o descarte de outros resíduos domésticos no próximo tópico.

O que acha de aderir ao movimento? Participe do Dia Mundial do Meio Ambiente, mesmo de casa!

Como descartar corretamente os resíduos domésticos na pandemia?

Em casas sem casos positivos para o COVID-19, suspeitos ou em quarentena obrigatória

Lixo Comum

A primeira coisa a se saber é que lenços, toalhas de papel, máscaras, luvas ou qualquer outro material de prevenção ao COVID devem ser descartados preferencialmente no lixo do banheiro, junto do resíduo comum, nunca com o reciclável. 


Caso esteja sem luvas, higienize muito bem as mãos com água e sabão ou álcool em gel a 70%. Caso esteja com luvas, remova-as com cuidado e limpe suas mãos novamente antes de remover a máscara, retirando-a posteriormente pelo elástico. Descarte os resíduos em um saco resistente e amarre-o bem para evitar derramamentos. Depois coloque-o dentro de um segundo saco resistente e amarre novamente. Se possível, identifique o saco com “Máscara Usada”.


No caso do descarte de materiais pontiagudos ou cortantes, como agulhas ou pregos, embale com proteção adicional para não ferir os trabalhadores. Uma garrafa pet pode ser uma opção para alocá-los. Já os cacos de vidros precisam ser embrulhados com cuidado, principalmente suas pontas. Tampas como de leite condensado devem ser pressionadas para dentro da lata antes do descarte. Se os materiais forem seringas ou agulhas, acomode em algum lugar seguro da sua casa, longe de crianças e animais, e descarte após a pandemia em uma unidade básica de saúde próxima. 


Uma observação importante: Evite descartar grandes volumes de uma vez no lixo comum, preencha até 2/3 da capacidade dos sacos para evitar possíveis rupturas. 

Lixo Reciclável

No caso dos recicláveis, as recomendações se mantém as mesmas anteriores à crise. É sempre importante limpar os recipientes, enxaguando e secando antes de descartar, retirando líquidos e restos de comida. Tente reduzir ao máximo o tamanho dos materiais, como dobrar caixas de leite e amassar latinhas. 


Como sabemos o número resíduos de embalagens aumentou muito, o que não significa que estejam sendo reciclados devido à paralisação de algumas atividades da cadeia. Por isso, é válido optar por marcas que apresentam selos de reciclagem, como o nosso Selo Polen. O Selo significa que a reciclagem equivalente àquele produto será feita, em época do COVID ou não. O relatório de sustentabilidade entregue junto do Selo permite que todos nós, consumidores engajados, possamos verificar de forma transparente o impacto real da reciclagem dessas embalagens. Você pode saber mais sobre ele aqui.


Somente leve seus sacos para o pontos nos dias e horários de coleta do seu local. Caso você use lixeiras públicas ou containers, lembre de ter todos os cuidados para proteção. Depois de terminar de manusear os sacos de lixo, higienize bem suas mãos novamente. 


É importante buscar sobre possíveis alterações temporárias na coleta da sua região devido à crise. 

Em casas com caso positivos para o COVID-19, suspeitos ou em quarentena obrigatória

Nesse caso, mantenha uma lixeira com tampa exclusiva para o paciente e descarte todos seus resíduos. Esses resíduos não serão reciclados e não devem ser misturados com os gerados pelo restante da família, sendo armazenados em um local seguro longe de outras pessoas ou animais.


Descarte dentro de um saco resistente e coloque este primeiro saco dentro de um segundo, absolutamente impermeáveis e fechados com nós. Prefira sacos brancos leitosos ou sacos plásticos descartáveis com identificações como “Lixo Contaminado” ou “RSS-COVID-19”. No caso específico dos resíduos químicos e líquidos, acondicione em recipientes adequados, com tampas, e descarte em sacolas separadas. Faça o mesmo para perfurocortantes. 


Utilize até no máximo 2/3 da capacidade desses sacos ou substitua-os diariamente para evitar possíveis rupturas. Se possível borrife 50 ml de água sanitária diluída (5 colheres de sopa) em um litro de água no interior dos sacos, antes de fechá-los, e em seu exterior no momento de transportá-los para o ponto de coleta (principalmente na sua “boca”). 


Lembre sempre de lavar as mãos e só disponibilize as sacolas no dia da coleta, transportando-as longe do seu corpo. No caso de coletor compartilhado, converse com o síndico sobre medidas de armazenamento, segurança e higiene. O ideal é firmar uma coleta especial para o devido tratamento e destinação dos resíduos desta residência. Você pode entender algumas possibilidades na publicação “Gerenciamento dos Resíduos gerados nos cuidados com a COVID-19 no domicílios”, no tópico 2.4. Se não for possível, destine todos junto dos resíduos comuns.

Essas são ações simples que podem prevenir a disseminação do vírus através dos resíduos. Contamos com vocês para mobilização da campanha. Descarte corretamente #PelaNatureza, pelos garis, por todos! Seguimos juntos.

Referências

As referências utilizadas para indicar o descarte adequado foram as seguintes:


Recomendações para a Gestão de Resíduos Sólidos durante a Pandemia de Coronavírus (COVID-19) - ABRELPE

Posicionamento das entidades representativas do setor de Resíduos Sólidos no Brasil para a Gestão de Resíduos contra a COVID-19 - ABETRE, ABLP, ABRELPE e SELUR/SELURB 

Medidas para proteção da saúde e segurança dos profissionais de limpeza urbana - ABRELPE

Recomendações para a Gestão de Resíduos em situação de Pandemia por Coronavírus (COVID-19) - ABES

Gerenciamento dos Resíduos gerados nos cuidados com a COVID-19 nos domicílios - ABES

Panfleto COVID-19 - SLU

Saiba como descartar corretamente o lixo para proteger garis - Agência Senado

Gari grava vídeo necessário sobre descarte de lixo na pandemia de coronavírus - Hypeness

Coleta de resíduos recicláveis cresce 23% e tem pico na quarentena - Estadão

Expostos ao coronavírus, garis trabalham com medo: "Tem muito lixo contaminado" - Brasil de Fato


Para mais informações, principalmente em casos confirmados do COVID-19, recomendamos a leitura e aprofundamento dos materiais.



Fale Com a Polen